30.5.07

Confuso




não bote fé

no que acredito

meu amor de tão grande

virou mito


ele passa o dia

a zombar de mim


não bote pingo

no meu i

porque falta uma gota só

pra eu sumir daqui


quero passar o dia

a lhe gozar de mim


o seu tempo conta-gotas

é um contratempo

que sabota

minha boa intenção

e manda pro inferno

eu e meu intento


faça de tudo pra me agradar

que eu preciso recuperar minha identidade

e deixar de lhe amar

texto e imagem: roberta silva

Nenhum comentário: