27.3.14

faúlhas








no cercado dos costelos 
tenho uma pedra preta preta.
vez em quando 
avermelha, solta chispas,
enche de buracos
meu vestido branco branco
da maré de si.

6 comentários:

blog espiatório disse...

ora viva - eis que a moça faz versos! um vulcão em erupção!!!
besos

Anônimo disse...

era pra ser bom?

pff

ragi moana disse...

quantas vezes se masturbou pensando em mim lendo seu comentário?

não devia, sou comprometida.

Anônimo disse...

asco!

ragi moana disse...

rsrsrs.. difamador culto, quem merece?

olha, me perdoe pelos comentários bobos. fique à vontade para vir ao meu blog e detonar meus textos sempre que quiser.

se o problema for comigo quem sabe podemos esclarecer as coisas... vai que temos de nascer siameses na outra vida, melhor resolver agora, né?

no mais, obrigada por agitar meu empoeirado blog.

líria porto disse...

isca!!! apois, betinha, amam-nos, odeiam-nos...